Bio

Victor Hugo Soares Valentim (Brasília/DF - 1989)

Músico desde a infância e pesquisador dos entrecruzamentos entre as artes e as novas tecnologias, tendo um vasto espectro de atuações na criação de obras, artes interativas e produção musical. Estudou Percussão Erudita na Escola de Música de Brasília (EMB) com Wellington Vidal, e posteriormente graduado em Música (Bacharelado) - Composição pela Universidade de Brasília (UnB) sob orientação de Sérgio Nogueira, e atuou como pesquisador em música e novas tecnologias no MidiaLab (UnB) sob orientação de Suzete Venturelli e colaborador no grupo de pesquisa em performance Corpos Informáticos junto com Bia Medeiros. Integrou o coletivo Autonomia Duvidosa junto com Aníbal Alexandre e Jackson Marinho, onde realizaram diversas performances de arte e tecnologia entre 2007 e 2011.

Fundador do selo musical colaborativo Miniestéreo da Contracultura em 2012, lançou seu primeiro disco "Música Eletroacústica Candanga" (2012), compilação de composições e experimentações sonoras realizadas durante a graduação em composição com elementos computacionais. Realizou a produção musical e executiva de diversos discos, em mídia física (LP e CD) e digital de artistas como Protofonia (junto a Pedro Baldanza), Duo Alvenaria (junto a Dudu Maia), Satanique Samba Trio, Joe Silhueta, Coletânea do FINCA (Festival de Música da UnB) entre outros trabalhos. Realizou trilhas sonoras de curtas metragens e espetáculos de dança e performance.

Atuou como DJ e Produtor Musical na cena cultural de Brasília, tendo realizado mestrado em Arte e Tecnologia pela UnB, sob orientação de Virgínia Tiradentes, com a pesquisa intitulada "Projeção Mapeada Interativa em Discos de Vinil: Diálogos Multissensoriais Tecnológicos" (2016).

Trabalhou na EBC - Empresa Brasileira de Comunicação como operador de Áudio da Rádio Nacional de Brasília (FM) entre 2014 e 2016.

Atualmente (desde 2016) é professor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) no CECULT - Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas no município de Santo Amaro da Purificação (BA).

Integra o projeto de extensão e pesquisa LabOgam - UFRB (Laborátório de Gambiarras Aplicadas) junto com Glerm Soares, Coletivo Sangue no Sílicio junto com Jarbas Jácome e José Balbino, realizou em 2017 a instalação interativa "Estudando o Sampler" em parceria com o cantor e compositor Tom Zé, para a exposição TomZé80 realizada na Caixa Cultural de Salvador/BA. Participa como colaborador no desenvolvimento de software para arte e tecnologia VimusPD de Jarbas Jácome, ESMERIL de Bruno Rhode.

Foi premiado no Immersphere Fulldome Festival no Planetário de Brasília (2017) com o short-movie "Demarcar, Resistir", realizado em parceria com o VJ e artista visual Aníbal Alexandre, tendo apresentado em outros festivais e mostras de fulldome no ano de 2018 como Macon Fulldome Festival (USA), II Comuna Intergalática (SP/BRA) entre outros. 

Atualmente desenvolve pesquisas de criação de obras para FullDome (cinema para planetários), Projeção mapeada em discos de vinil, Música, Tecnologia e Astronomia.

Link do Currículo Lattes: https://lattes.cnpq.br/9111977511867393

Email Institucional: zivito@ufrb.edu.br